carregando

Consultoria

O sindicato disse que 30 dias de aviso-prévio devem ser trabalhados e o restante deve ser indenizado, porém não interpreto desta maneira. Entendo que caso eu dispense o funcionário imediatamente eu terei que indenizá-lo 30 dias mais 3 dias para cada ano trabalhado. Porém se eu dispensar o funcionário avisando-o quando parar, isso se dará da mesma maneira: 30 dias mais 3 dias para cada ano. Exceção para o caso do funcionário obter um novo emprego e comprovar isso, então a empresa não pode segurá-lo para que cumpra o aviso, já que estaria prejudicando o futuro dele. Caso o empregado peça demissão ele tem que avisar somente com 30 dias de antecedência e eu não poderei descontar dele o acréscimo de 3 dias por ano trabalhado. Afinal o que devo fazer? O Sindicato pode me obrigar a indenizar o aviso complementar?
O que é certo? Um funcionário que tem 2 anos de empresa terá direito a 30 dias + 3 dias ou 30 dias + 6 dias? Levando em consideração o que foi divulgado : Se trabalhados 20 anos, ou mais, terá direito a 90 dias (máximo de aviso) que é calculado da seguinte forma : 30 dias de aviso normal + 20 anos x 3 dias = 90 dias. Se for assim então deveria ser 30 dias de aviso normal + 2 anos x 3 dias = 36 dias de aviso total. Está certo meu raciocínio?
Funcionario com aviso previo trabalhado no decorrer do aviso de 30 dias na (area rural) iniciando de 01/04-30/04 com 23 dias trabalhados e 07 dias pra procurar emprego, faltando 02 para o aviso encerrar que seria dia 23/04 o funcionario aparece com um atestado medico de 60 dias (doença). Qual seria o procedimento? Suspender a rescisão e encaminhar ao INSS ou poderia fazer a rescisão? Neste caso como procoder com a rescisão como ele estive apto? Com que data será na rescisão?
O empregado foi comunicado que seria dispensado no prazo de 30 dias e lhe dado o aviso prévio que já está assinado. No cumprimento do aviso faltando apenas 10 dias para o termino do aviso o empregado comunicou que se acidentou enquanto fazia a limpeza de um terreiro e quebrou o braço. Ainda está hospitalizado. Informe-nos se o aviso prévio deverá ser suspenso até a alta do empregado e o mesmo não poderá mais ser demitido porque estaria na estabilidade de 01 ano após o acidente de trabalho.
Posso dar aviso prévio para o empregado e deixá-lo sem trabalhar nesses 30 dias, aguardando para fazer a rescisão, quando findo o prazo do aviso prévio?
Um colaborador que seja demitido sem justa causa, ele por vez vai cumprir o aviso previo de 30 dias, sendo que ele pode optar em trabalhar os 30 dias com redução de 2 horas diarias ou trabalhar 26 dias e deixar 4 dias para procurar outro emprego, mas é independente folgar 1 dia por semana ou tirar os ultimos 4 dias. Mas ouvi em trabalhar 23 dias e folga de 7 dias. Qual seria o correto.
Somos um condomínio que contrata trabalhadores rurais para o plantio e corte de cana de açúcar. Fazemos contratos por prazo indeterminado, ou seja, 30 dias antes do final da safra, damos o aviso prévio aos trabalhadores. No entanto, quando há ações trabalhistas movidas pelos mesmo, o Juíz considera que o aviso previo é nulo pelo fato de não estarmos dando aos trabalhadores os 07 dias que prevê a Lei no caso de trabalhador rural para que eles possam procurar outro emprego. Durante o aviso prévio, os trabalhadores normalmente faltam, em alguns casos, até mais de 07 dias no decorrer do aviso. A pergunta é: Essas faltas, injustificadas, que eles praticam durante o aviso, podem ser consideradas, somadas, como parte dos dias (07 dias) ou como o total, caso faltem mais de 07 dias? O fato de eles receberem por produção, exime a empresa de pagar esses dias faltados se consirarmos essas faltas como os 07 dias do aviso?
GOSTARIA DE SABER AO CERTO QUAL É O DIREITO QUE O TRABALHADOR RURAL TEM QUANTO AO HORÁRIO DE TRABALHO E OS DIAS EM QUE PODERÁ FALTAR PARA PROCURAR OUTRO EMPREGO. GRATA PELA ATENÇÃO. OLGA
O empregado admitido em 01/01, pediu demissão em 01/11 e o aviso prévio descontado em sua rescisão de contrato. Pergunta-se: o empregador terá de indenizar 1/12 (um doze avos) do 13º salário referente ao mês de novembro?. Se o aviso prévio fosse indenizado por parte do empregador, o empregado teria direito a 1/12 a mais?- E.R. - Mara Rosa/GO
O empregado deu aviso prévio em 14.01 e pediu ao empregador para cumprir somente até o dia 31.01. Qual o procedimento se o mesmo não apresentar comprovante de novo emprego? - A.S.W. - Mar de Espanha/MG
Gostaria de formular a seguinte pergunta sobre um funcionário que pediu demissão. Segundo a legislação a empresa deverá descontar o aviso prévio do empregado, mas esta não gostaria de faze-lo, assumindo então a obrigatoriedade de paga-lo ao empregado, que esta também não deseja. Uma solução seria retroagir o aviso, mas este recairia em data que o funcionário estava em experiência. Como proceder neste caso? - J.G. - Mantenópolis/ES
Se um empregado pede demissão, está cumprindo o aviso prévio e trabalha apenas 06 dias recusando-se a cumprir o restante. Pergunta-se: Pode o empregador descontar os dias restantes para o término do aviso? Qual data deve constar com de saída no TRCT? - T.C.L. - Mantena/MG
Comunicamos a dispensa da funcionária, com Aviso Indenizado, dia 18/06/2003 (4a.feira). Como dia 19 (5a.feira) foi feriado no município, e por força de Norma Coletiva, não se pode começar o Aviso na véspera de feriado e/ou dia (sábado) compensado, a contagem do Aviso somente começou em 23/06/2003, e seu desligamento foi considerado em 22/06/2003. O pagamento das verbas rescisórias, entendo que deve ocorrer até o 10º dia contados a partir do desligamento da funcionária. Está correto isso? - I.D. - Piracicaba/SP.