Curso de inglês deduz no imposto de renda

O Imposto de Renda ou IR, é um tributo federal e como o nome sugere, um tributo sobre sua renda, que acompanha seu desenvolvimento patrimonial. Nesse sentido, o indivíduo declara anualmente seus gastos e ganhos, entra nessa declaração o salário anual, o carro, o plano de saúde, escola das crianças membros da sua residência e o dinheiro guardado na poupança. Contudo, é possível deduzir o imposto de renda, mas a dúvida é: curso de inglês deduzido no imposto de renda?

A dedução do Imposto de Renda é uma forma de diminuir o imposto ou elevar a restituição, nesse sentido, gastos com a educação podem ser deduzidos. Desse modo, gastos em cursos oficiais como creches, escolas de ensino infantil, fundamental, médio, ensino superior, que abarca especialização, mestrado e doutorado podem ser deduzidos no Imposto de Renda.

O que é Imposto de Renda?

O Imposto de Renda ou IR é um pagamento anual de tributo federal, de maneira geral, sua finalidade é que o contribuinte informe os seus rendimentos anuais independente de ser tributável ou não tributável, isso significa, que mesmo que o contribuinte não precise pagar nenhuma quantia, torna-se importante declarar.

Desse modo, anualmente o indivíduo recebe salário mensal, investimentos, outros ganhos e parte dele é retido pela Receita Federal, através do tributo de IR. Mas também, o Imposto de Renda funciona como uma forma de demonstrar o desenvolvimento do patrimônio dos brasileiros, visto que o contribuinte informa os bens adquiridos no último ano, como casas, carros, títulos.

Por último, pode ocorrer restituição financeira, porque o Imposto de Renda é declarado e se ocorrer alguma irregularidade parte do dinheiro retorna, assim como pode ser deduzido. No momento de declarar o contribuinte informa seus ganhos, mas também seus gastos e alguns deles são deduzidos como gastos com escolas de nível infantil, creche, nível médio, técnico, superior, e outros não são como cursos de pré-vestibular. 

O que muitas pessoas se perguntam é se curso de inglês é deduzido no imposto de renda, e a resposta é não, visto que entra na categoria de cursos livres.

O que deduz no imposto de renda?

Como mencionado acima, anualmente os indivíduos precisam declarar o Imposto de Renda, um tributo federal sobre os gastos anuais, que acompanha o desenvolvimento patrimonial do indivíduo. Nesse sentido, a pessoa declara o salário anual recebido, o carro, escola das crianças, adolescentes e jovens, plano de saúde e quando se encaixa é possível deduzir no Imposto de Renda, que se trata de uma diminuição no valor pago ou de um aumento na restituição.

Ademais, é preciso atenção quanto a deduzir o imposto de renda, pois existem algumas características, sendo o valor limitado a R$ 3.561,50 anualmente, sem o direito à parcela mensal e a dedução de gastos com educação precise de cuidados com a ligação de documentos e com o que pode ser declarado.

Conforme informações da Receita Federal, apenas cursos oficiais podem ser declarados no Imposto de Renda. Nesse sentido, gastos com creche, ensino infantil, ensino médio, ensino superior que abarca desde a graduação, especialização, mestrado e doutorado podem ser deduzidos no Imposto de Renda.

Além disso, a declaração de cursos de educação profissional podem entrar no desconto, podendo ser declarado, os cursos de ensino técnico, que abarcam habilitação profissional, estudantes matriculados ou que concluíram o ensino médio e cursos tecnológicos, considerados de nível superior.

Curso de inglês deduz no imposto de renda?

Inicialmente, a pergunta é: qual curso de inglês deduz no imposto de renda?

Demais gastos relevantes para a formação profissional e educacional não podem ser deduzidos no Imposto de Renda, incluindo cursos de informática, preparatório para concursos públicos, aulas particulares, cursos de pré-vestibulares, cursos de reforço, nesse sentido, o curso de inglês não deduz no imposto de renda, uma vez que de acordo com a legislação essas ações são determinadas como cursos livres e não dão direito a dedução no Imposto de Renda.

Além disso, cursos esportivos, de dança, gastos com materiais escolares, livros, uniformes, embora consumam uma boa parte do orçamento financeiro doméstico, principalmente quando o ano letivo está iniciando, estão fora da dedução do Imposto de Renda. Assim como, gastos com material para desenvolver trabalho de conclusão de curso superior, elaboração de monografia estão fora da lista de dedução.

Dedução de Imposto de Renda de dependentes

Nesse sentido, se um casal declara separadamente o Imposto de Renda, cada um só pode deduzir gastos com educação de alimentos, no caso de recebedores de pensão alimentícia e de dependentes indicados na declaração de IR própria. Nesses casos, o sistema não permite a dedução dupla, visto que cada cônjuge deve, inicialmente incluir todos os alimentados e dependentes no formulário, antes de inserir os gastos com instrução. 

Ao realizar a abertura da ficha de “Pagamentos Efetuados”, o declarante opta pelo código 1, sendo preciso abrir um campo novo para cada entidade de ensino inserida. Em seguida, o contribuinte deve inserir se o gasto corresponde ao titular, alimentado ou dependente.

Financeiro

A dedução com a educação é limitada, contudo, o contribuinte precisa informar detalhadamente o valor total desembolsado, mesmo que ultrapasse a quantia máxima de abatimento, uma vez que a Receita Federal realiza a comparação do total gasto pelo declarante com as receitas declaradas pelas entidades de ensino.

Ademais, cada campo tem exigência de preenchimento do nome e CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) da entidade de ensino, o declarante deve armazenar os comprovantes, recibos e notas fiscais, para impedir erros de valores financeiros e de identificação. Essa documentação pode representar a única forma de defesa do contribuinte, caso ocorra algum processo onde é necessário provar as informações inseridas, ou algum erro.

Confira aqui mais artigos que preparamos para vocês:

Curso de inglês online grátis com Certificado reconhecido pelo MEC

Porque o Inglês é a Língua mais falada no mundo

Qual a diferença entre o inglês americano e o inglês britânico?

Por que é comum usarmos termos em inglês na língua portuguesa?

 

Deixe um comentário